Plantas medicinais: conheça espécies e veja como usá-las em tratamentos

702

O cultivo de uma horta em casa com temperos e hortaliças garante remédios naturais para diferentes situações

Além de garantir hortaliças e temperos sempre fresquinhos à mesa, a horta caseira também é capaz de fornecer plantas medicinais. Muitas podem ser utilizadas em forma de infusão, como orienta Caroly Cardoso, coordenadora do curso de Especialização em Plantas Medicinais e Fitoterápicos das Faculdades Oswaldo Cruz.

A hortelã pode ser cultivada em vasos e gosta de sol, solo úmido e rico em matéria orgânica
A hortelã pode ser cultivada em vasos e gosta de sol, solo úmido e rico em matéria orgânica

Louro (Laurus nobilis)

Usado tradicionalmente para temperar feijão, o louro tem propriedade digestiva. “Melhor do que qualquer sal de fruta no mercado”, garante Caroly. Pode ser usado após uma refeição gordurosa, como feijoadas e pizzas.

A folha de louro tem propriedades digestivas
A folha de louro tem propriedades digestivas

Como prepará-lo?  Ferva uma xícara de água filtrada e coloque duas folhas picadas de louro seco ou fresco. Abafe por 1 5 minutos e tome vagarosamente.

Alecrim (Rosmarinus officinalis)

O alecrim gosta bastante de luminosidade, mas, como orienta a especialista, precisa ser protegido de ventos fortes. É bom para ajudar na digestão, é antiespasmódico (contra cólicas) e diurético.
Como prepará-lo? Da mesma forma que o louro.

COMO-PLANTAR-ALECRIM

Arruda (Ruta graveolens)

A arruda não deve ser ingerida nunca devido à sua toxicidade, mas pode ser usada externamente contra piolhos.

Como prepará-la?  Bata no liquidificador cinco colheres de sopa de folhas de arruda com um litro de água. Coe e passe a mistura no couro cabeludo. Deixe secar por duas horas e, depois, lave a cabeça.

arruda

Boldo peludo (Plectanthus barbatus)

“Também chamado de boldo do pinguço, é usado para combater azia e má digestão, além de combater a ressaca”

O boldo é um ótimo remédio para combater azia e má digestão
O boldo é um ótimo remédio para combater azia e má digestão

Como prepará-lo? Faça uma infusão com uma colher de sopa de folha fresca picada em uma xícara de água fervente. Abafe por cinco minutos e tome.

Camomila (Chamomilla recutita)

Excelente anti-inflamatório local. Internamente, é usada para combater gases intestinais, cólicas e má digestão.

Como usá-la? Em áreas externas, aplique com compressas onde está inflamado, inclusive ao redor dos olhos.

camomila

Funcho (Foeniculum vulgare)

Segundo Coraly, o melhor de todos no tratamento de gases intestinais, além de cólicas e problemas de digestão.

Como prepará-lo? Faça uma infusão.

foeniculum-vulgare-plantio-erva-doce-plantio-funcho

Goiabeira (Psidium gajava)

As folhas da goiabeira são excelentes para tratar diarréia. Além disso, são antissépticas – combatem micro-organismos bucais no tratamento de estomatites e gengivites.

Hortelã (Mentha piperita)

Tem vários usos, mas os mais comuns são contra alguns parasitas intestinais, como giardia e ameba. Também é usada para aumentar a produção de leite em mulheres que amamentam. Pode ser cultivada em vasos e gosta de sol, solo rico em matéria orgânica e úmido.

Melissa (Melissa officinalis)

É calmante, digestiva, expectorante, utilizada contra gases e outros usos.
Como usá-la? Faça uma infusão e tome três vezes ao dia.

Sálvia (Salvia officinalis)

Sua infusão é usada  como antisséptico bucal (bochechar a infusão fria após cada escovação) e antiemético, ou seja, contra vômitos.

Como há constante confusão entre as espécies, Coraly destaca o nome científico de cada uma das plantas. Na hora de montar a sua horta caseira, fique atento a esse detalhe.

salvia

SEM COMENTÁRIOS