Como plantar abobrinha em casa

1101

A abobrinha rende pratos deliciosos que vão desde um cortadinho até tortas e massas, sem falar num prato típico francês que virou estrela de animação: o ratatouille que você pode ver a receita clicando aqui.

Mas antes veja como plantar abobrinha em casa com as dicas supersimples. Vamos colocar a mão na terra!

Tipos de abobrinha

Você já deve ter visto nas feiras e supermercados pelo menos 2 tipos muito comuns de abobrinha: a italiana e a brasileira, chamada por muitos de caipira. No entanto, na hora de plantar, além do gosto pessoal, a diferença mais importante é que alguns tipos são rasteiros e outros crescem como uma espécie de “moita”.

Como Plantar Abobrinha

Depois de escolher o tipo, você poderá começar o plantio usando uma muda ou semente.

Depois de encontrar a muda ou a semente ideal, é só identificar o melhor local para plantar. Sempre lembrando que quando plantamos a partir de sementes, não podemos semeá-las muito juntas para evitar que a raiz de uma ‘roube’ o espaço da outra”.

Como Plantar Rabanete

O local ideal para cultivar abobrinha

“O ideal é escolher um lugar que receba sol direto e seja espaçoso para que a abobrinha possa se espalhar. É bom se certificar que o solo seja bem drenado, pois a abobrinha gosta de solo úmido, mas nunca encharcado, do contrário não florescerá”.

Prepare o solo para a abobrinha

A preparação ideal é aquela que fica compostando durante meses, no entanto caso isto não seja viável: “misture terra com um pouco de esterco, mas cuidado para não exagerar porque em excesso pode queimar a raiz. Se possível, adube o solo sempre que der com casca de ovos amassadas/trituradas, borra de café ou com matérias orgânicas variadas, mas nunca com defensivos agrícolas”.

Como Plantar Chuchu

Hora de plantar

“Agora é só cavar um buraco para plantar a abobrinha, o qual deve ser maior que a raiz, lembre-se de manter um espaço de 75-100 cm entre cada planta”.

Cuidados de manutenção

Tudo muito simples, “basta remover as ervas daninhas e as folhas doentes, amarelas ou ramos mortos que aparecerem. Outra coisa bem importante é a polinização da planta, pois o crescimento acontece através dos insetos, ou seja, onde não houver insetos, será mais difícil”.

Aprenda a plantar pimentão em 8 passos

SEM COMENTÁRIOS