Astromélia

244

Cultivada em vasos ou em áreas ajardinadas, a astromélia conquista pela beleza de suas hastes com numerosas flores. A espécie, bastante ornamental, exibe pétalas delicadas e com grande variedade de cores.

Cultivada em vasos ou em áreas ajardinadas, a astromélia conquista pela beleza de suas hastes com numerosas flores. A espécie, bastante ornamental, exibe pétalas delicadas e com grande variedade de cores.

Originária da América do Sul, a astromélia é encontrada em diversas variedades. “As mais comuns são a Alstroemeria aurantiaca, A. psittacina, A. caryophyllaea, A. pulchella, A. haemantha e A. inodora”, indica o paisagista Marco Antônio da Silva, da Piccola Pietra Paisagismo. Popularmente, a espécie também é conhecida como minilírio, mas, apesar da semelhança com o lírio, são plantas de famílias diferentes.

Segundo Marco, a flor é composta por seis pétalas idênticas ou quatro iguais mais duas diferentes, que servem para indicar o pouso aos polinizadores. Conhecida pela diversidade de cores, que variam entre tons de rosa, vermelho e amarelo, a astromélia é muito usada na elaboração de arranjos e buquês. Mas pode compor canteiros, bordaduras e maciços.

alstromlia

No cultivo doméstico, o plantio é feito com mudas ou sementes em solos bem adubados e drenados. A espécie tem desenvolvimento rápido, mas é importante não descuidar da manutenção. Nesse quesito, além das regas e adubação regulares, é recomendável a poda para controlar o crescimento desproporcional e conceder mais harmonia ao espaço.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAntúrio
Próximo artigoFlor Boca de Leão

SEM COMENTÁRIOS